Em Re-construção Constante

Não adianta parar, o caminho não termina porque você cansou. Ele termina quando você chega.







quinta-feira, março 16, 2006

Vigiai



Os dias assumiram um ritmo caótico.
Muita desordem neste período de mudança.
Muitas amardilhas para me cegar.
É preciso que eu me mantenha em alerta.

...................................................................................................................................


Saturday's child

Farewell my child it's time
To leave this all behind
Exchanging the river for the sea
Farewell to saturday's child
Cut loose before his prime
Set adrift in the city

Speak to me now of isolation
Feel your way home in the dark

Here comes the old greay man
Back bent before his time
Tracing figures in the sand
He has no more crosses to bear
Sat upon his rocking chair
Gazes out toward the sea

Speak to me now of visions
Seen through a looking glass mind

Speak of your inhibitions
You still have your mountain to climb

By Brendan Perry

Linda música, só um bardo como Perry poderia cantar (por onde anda o DEAD CAN DANCE?)

Segue tradução capenga

Criança do Sábado (ou criança sabática)

Adeus minha criança, é tempo
De deixar tudo para trás
Trocando o rio pelo mar
Adeus à criança do sábado
Liberta no seu início
Colocada à deriva na cidade

Fale-me agora de isolamento
Sinta o seu caminho para casa no escuro

Aí vem o velho homem cinzento
Costas Curvadas antes do tempo
Traçando figuras na areia
Ele não tem mais cruzes para suportar
Sentado na sua cadeira de balanço
Olha fixamente além-mar

Fale-me agora de visões
Vistas através de uma mente de espelho

Fale de inibições
Você continua tendo suas motanhas para subrir

Um comentário:

Yazelovit disse...

16 de março.
Dia para subir a montanha em homenagem aos cátaros em Montsegur.