Em Re-construção Constante

Não adianta parar, o caminho não termina porque você cansou. Ele termina quando você chega.







sábado, dezembro 04, 2010

RECAPITULANDO (conceitos presentes na obra de Carlos Castaneda): IMPLACABILIDADE


Fonte: caderno de anotações
Fonte original: O poder do Silêncio

Sobre a Implacabilidade – O Oposto da Auto-piedade

O LUGAR DA NÃO-PIEDADE

“A autopiedade é o inimigo real e a fonte da miséria do homem. Sem um grau de piedade por si mesmo, o homem não poderia suportar ser tão importante como pensa ser. Entretanto , como a força da auto-estima está empenhada, desenvolve seu próprio impulso. E é esta natureza aparentemente independente da auto-estima que lhe da seu falso senso de valor.”

Importante lembrar que “implacabilidade não é crueldade, mas sobriedade”.

Seja:

“implacável, mas encantador
esperto, mas simpático
paciente, mas ativo
doce, mas letal”

Eu, da minha parte, não tenho nada a comentar, pois ainda me permito a indulgência da auto-piedade, e sim, ela retarda toda a evolução.

Eu prometo: ser implacável comigo mesma.

5 comentários:

Renato disse...

Quantas promessas...

KALI, desesperadamente humana. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
KALI, desesperadamente humana. disse...

KALI, desesperadamente humana. disse...
E prometer é fácil, fazer é que são elas...
Mas eu não só prometo, eu me com-prometo.;)

ricardo alves disse...

ola,cheguei a este blog por este post.Ando a relembrar alguns dos conceitos e ensinamentos do castaneda,e a auto-piedade é uma das maiores misérias da humanidade.É o reforço e o pilar construtor da auto-importância...
belo espaço este,meus parabéns!

ricardo alves disse...

ola,cheguei a este blog por esta postagem!Ando a relembrar os ensinamentos de castaneda e com certeza a auto-piedade é uma das maiores misérias da humanidade.É o pilar construtor da auto-importância...
belo espaço este e meus parabéns!