Em Re-construção Constante

Não adianta parar, o caminho não termina porque você cansou. Ele termina quando você chega.







segunda-feira, fevereiro 21, 2011

O NÃO-ETERNO RETORNO


Às vezes você precisa voltar
Para matar as fantasias restantes
Às vezes você precisa voltar
Para matar ou eu que resiste
Às vezes você precisa voltar
Para lembrar porque partiu
Então, por, fim
Você abre as asas
E não volta nunca mais
E sem olhar pra trás
Você deixa as estátuas de sal

2 comentários:

Rê Galvão disse...

Voltarei mais vezes...rs.

A. C. disse...

Tomara.